quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Papo de Teleco Teco: 38 anos sem o sambista Monsueto, "mora"?


Hoje fazem 38 anos que Monsueto partiu. Talvez o nome você não conheça, porém com certeza já deve ter ouvido muitas de suas músicas afinal, é um dos sambistas mais regravados da música brasileira. E foi através da música "Mora na filosofia" que Monsueto, segundo alguns pesquisadores instalou no dialeto popular carioca a expressão "mora"? (Percebe).



Multicultural, foi sambista, ator e pintor, e pelo fato de nunca participar diretamente de nenhuma escola de samba, teve a possibilidade de conhecer vários terreiros de samba, sendo um dos bonz exemplos da junção musical entre o samba do morro e a filosofia asfalto. Salve Monsueto, músico que deixou saudades com suas letras sintéticas e cheias de filosofia, "mora"? E por falar em regravações de grandes intérpretes, abaixo um trabalho de Virgínia Rosa, com a obra de Monsueto intitulada ("Baita Negão") simplesmente apaixonante.



Baita Negão - Virgínia Rosa

1- Sambamba
2- Eu Quero Essa Mulher Assim Mesmo (particição de Martinho da Vila)
3- Me Deixa em Paz
4- A Fonte Secou
5- Mora na Filosofia
6- Lamento da Lavadeira
7- Mané João
8- Despejo da Saudade
9- Morfeu / Nó Molhado
10- Faz Escuro Mas Eu Canto
11- Pout-pourri Baita Negão

Atenção: Este link encontra-se na Internet através de blogs e não é de responsabilidade do Ecos do Teleco Teco devendo ser deletado de seu micro no período máximo de 24 horas.Recomendamos que adquiram o cd na intenet através de sites como http://www.buscape.com.br/ ou similares preservando os direitos do ator)
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

1 comentários:

  1. Ouvir muito as canções de Monsueto, imclusive com parcerias ilustres como o poetinha Vinícios.
    Bem lembrado.
    Abraço

    ResponderExcluir

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!