quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Papo de Teleco Teco: As rodas do dia Nacional do Samba em Piracicaba, para quem não veio, um pouco do que melhor rolou por lá


Para quem não pode vir ao dia do samba, que tal ouvir um pouco do que melhor aconteceu nas rodas de samba com os Projetos 14 Sambas, Samba e Prosa e Núcleo Musical Xô Segunda? Três rodas de primeira de características distintas e sambas iguais, relembrando os tempos idos onde as batucadas eram recheadas a improviso, coletividade e festança, em um culto que consagrou os trabalhos exercidos individualmente por cada projeto em 2011. Todos os projetos levam o sentido da palavra "projeto" muito a sério, onde quem toca samba, quem organiza samba , e principalmente quem prestigia samba também em uma verdadeira confraria musical, confere aí:

Roda de samba autorais e Choro com vários músicos e compositores de Piracicaba e Região realizadas as segundas feiras. Com um ano e meio de existência e público que varia de 250 a 300 pessoas em suas edições, é o projeto mais novo de samba em Piracicaba que se apresenta trimestralmente na cidade de Piracicaba.

Roda de samba realizada quinzenalmente todas as segundas feiras, resgata pagodes a partir dos anos 80, e já recebeu vários convidados que estiveram presentes neste cenário durante estes anos. Com 7 anos de existência é o projeto de samba mais antigo de Piracicaba com um público que varia de 300 a 400 pessoas em suas edições

Roda de samba que resgata clássicos dos tempos idos através da obra de importantes compositores do samba brasileira, relembrando nomes como Cartola, Candeia, Zé Keth, Moacyr Luz, Adoniran entre muitos outros. Com 6 anos de existência tem em suas edições bimestrais um públido que varia de 300 a 400 pessoas.
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!