quarta-feira, 8 de junho de 2011

Papo de Teleco Teco: Vejam "Quanta" e a revolução Gilberto Gil através da ciência e da arte




Pois é Gilberto Gil sempre foi uma figura polêmica. Reinvindicou no Tropicalismo, usando música como manifesto ao conformismo social imposto pela ditadura; sendo considerado até hoje como um dos grandes ícones da pós-ditadura. Com a política inserida em sua veia, em 1989 Gil é eleito vereador em Salvador e seguindo este ritmo e ímpeto, em 2003 a convite do presidente Lula, vira ministro da cultura. E é a partir daí que o ministro Gil mais uma vez faz história. Durante seu período no ministério adota no site oficial de seu ministério o selo Creative Commons, com um discurso em prol da Liberdade Digital e Software livre. Como não dá para agradar à todos, até mesmo Caetano, seu companheiro de luta na ditadura divergiu sobre sua posição quanto ao discurso que de certa forma vai contra a atual política de direitos autorais. Durante o ano de 2005 em um debate sobre o tema, o ainda ministro calorosamente foi até aplaudido ao discursar aos presentes:

"A batalha do software livre, da Internet livre e das conexões livres vão muito além delas, de seus interesses. É a mais importante, e também a mais interessante, e a mais atual das batalhas políticas. Claro que há uma
revolução francesa, ou várias revoluções francesas, a fazer no planeta, seja dentro dos países, seja no comércio internacional. Ainda nos defrontamos não apenas com discursos do século XIX, mas também com realidades do Século 19. Mas não podemos secundarizar o presente. E o futuro".

É mestre Gil sabias palavras. Já em 1997 Gil dava traços de seu fascinio pelo tema e a rede através do aclamadíssimo disco "Quanta" , confirmando não só seu olhar futurístico que indagava a junção de ciência e arte, mas também o consagrando mais uma vez dentro do cenário cultural brasileiro e mundial.



Quanta - 1997

1 Quanta
2 Ciência e Arte (Cartola - Carlos Cachaça)
3 Estrela
4 Dança de Shiva
5 Vendedor de Caranguejo (Gordurinha)
6 Chiquinho Azevedo
7 Pílula de Alho
8 Opachorô
9 Graça Divina
10Pela Internet
11Guerra Santa
12Átimo de Pó (Gilberto Gil - Carlos Rennó)
13Fogo Líquido
14Pop Wu Wei
15 O Lugar do Nosso Amor
16 De Ouro e Marfim
17 Sala do Som
18 Um Abraço no João
19 O Mar e o Lago
20 La Lune de Gorée (Gilberto Gil - J.C. Capinam)

Atenção: Este link encontra-se na Internet através de blogs e não é de responsabilidade do Ecos do Teleco Teco devendo ser deletado de seu micro no período máximo de 24 horas.Recomendamos que adquiram o cd na intenet através de sites como http://www.buscape.com.br/ ou similares preservando os direitos do ator)
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários:

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!