terça-feira, 25 de setembro de 2012

E deu Ecos: Miséria em qualquer canto..

Eu vi logo cedo o carregador de papel que nosso município pôs para candidato a vereador. Não faço julgo da potencialidade em nos representar, mas queria falar da miséria que insiste em nos rodear; penso na exploração dela e mais ainda na exploração por ela. Me lembro quando ouvi o som, "miséria em qualquer canto, riquezas são diferenças" do Titãs, onde na época o protesto estava mais contido no grito musical do que na causa. Porém hoje, muito tempo depois, percebo que ela ainda esta forte na sua função intríseca de manter as coisas como estão; saca aquele processo "Tiririca de poder". Quando o vi ali com a mesma caixinha de som entre os seus papéis, que transformou sua miséria em alegoria; e a exploração que busca transformar seu sofrimento em poder, amargamente percebi que realmente somos miseráveis.

   

Miséria 
Titãs 

Miséria é miséria em qualquer canto 
Riquezas são diferentes Índio, mulato, preto, branco 
Miséria é miséria em qualquer canto 
Riquezas são diferentes 
Miséria é miséria em qualquer canto 
Filhos, amigos, amantes, parentes 
Riquezas são diferentes 
Ninguém sabe falar esperanto 
Miséria é miséria em qualquer canto 
Todos sabem usar os dentes 
 Riquezas são diferentes 
 Miséria é miséria em qualquer canto 
Riquezas são diferentes 
Miséria é miséria em qualquer canto 
Fracos, doentes, aflitos, carentes 
Riquezas são diferentes 
O Sol não causa mais espanto 
Miséria é miséria em qualquer canto 
Cores, raças, castas, crenças 
 Riquezas são diferenças 
A morte não causa mais espanto 
O Sol não causa mais espanto 
A morte não causa mais espanto 
O Sol não causa mais espanto 
Miséria é miséria em qualquer canto 
Riquezas são diferentes 
Cores, raças, castas, crenças 
 Riquezas são diferenças 
 Índio, mulato, preto, branco 
Filhos, amigos, amantes, parentes 
Fracos, doentes, aflitos, carentes 
Cores, raças, castas, crenças 
Em qualquer canto miséria 
Riquezas são miséria 
Em qualquer canto miséria

Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!