sexta-feira, 4 de junho de 2010

Pinah a cinderela negra que o príncipe encantou


"Ê Pinah ê Pinah, a cinderela negra que o príncipe encantou"

E encerrando nossa semana dedicada as cinderelas do morro, apresento-lhes Maria da Penha Ferreira, a Pinah, que encantou não só o carnaval carioca como também o príncipe da Inglaterra. O fato se deu quando o príncipe Charles em 1978 não podendo assistir o desfile daquele ano, recebeu da escola Beija Flôr de Nilópolis, um mini desfile onde a passista participou fazendo o princípe sambar. Dotada de uma beleza afro natural, com a cabeça careca, Pinah alcançou fama e glória, e sobre as bençãos de sua personagem do desfile de 1976, "Odeta" escrava de Xangô, surpreendou não só o príncipe como todo mundo. Maria da Penha Ferreira é mais um retrato dos processos de transformações pessoais contidos na figura do carnaval dos tempos idos, onde seus participantes como membros das comunidades e não só "estrelas de passagem", simbolizavam e iconizavam esperanças de possibilidades de uma vida melhor à muitos pertencentes da mesma. por Fábio
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários:

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!