quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Papo de Teleco Teco: Salve a Velha Guarda de todo lugar, patrimônio nobre e popular




Com o intuíto de proteger as matrizes do samba, estudiosos denomimaram e separaram os períodos do samba através da expressão velha-guarda. Isto pode ser percebido em trabalhos e textos de Tinhorão e alguns outros estudiosos de cultura popular brasileira. A Velha Guarda tornou-se guardiã das tradições, histórias e conceitos do samba pertencente a um tempo em que o mesmo tinha o suporte da relação direta destes representantes, com a comunidade a que estavam inseridos. Alguns dos representantes da Velha Guarda influenciaram até a concepção deescolas de samba que até hoje representam o carnaval. Partindo disto o Ecos traz alguns trabalhos destas guardiãs do samba tradicional e vivenciado, as quais até hoje sobrevivem contrariando as amarras do mercantilismo revivendo as histórias e sambas antológicos dos tempos idos, afinal a Velha Guarda "de todo lugar" é Papo de Teleco Teco. De começo alguns trabalhos das Velhas Guardas de São Paulo e Capixaba.




Embaixada do Samba Paulista








Velha Guarda do Samba Capixaba - ES









Velha Guarda - Tias Baianas - S. P









Atenção: Este link encontra-se na Internet através de blogs e não é de responsabilidade do Ecos do Teleco Teco devendo ser deletado de seu micro no período máximo de 24 horas.Recomendamos que adquiram o cd na intenet através de sites como http://www.buscape.com.br/ ou similares preservando os direitos do ator)
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!