sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Como foi o dia do samba em Piracicaba



"Não, ninguém faz samba só porque prefere, coisa nenhuma no mundo interfere so o poder da criação"



É inegável a força que o samba tem, pois em um cenário cheio de talentos, um processo de união começa a se fortalecer em minha saudosa Piracicaba. Afinal para uma cidade onde era difícil encontrar uma boa roda de samba a uns 5 anos atrás, o trabalho costumerio de bons projetos e sambistas propiciou para o dia em que o Brasil homenageia o gênero, duas excelentes rodas por aqui. No Bar do Quatizinho, Juca Ferreira e amigos levavam em um ambiente intimista um samba da melhor qualidade, revisitando clássicos; enquanto na Rua do Porto alguns dos melhores grupos de samba da cidade formaram um verdadeiro terreiro de samba no bar Sr Caneca, provando que o poder do gênero tem em agregar pessoas de qualidade, socializando através de canções um movimento que retrata a cara de sua própria nação. No terreno onde esta semente foi plantada, hoje brotou duas fortes sementes que com certeza germinarão e quem sabe no próximo ano se juntem, dando origem a uma frondoza e poderoza árvore muito frutífera? É o samba do interior mostrando sua cara, salve o samba brasileiro e todos os sambistas piracicabanos.
Roda no Bar Sr. Caneca e abaixo fotos dos dois eventos

Fotos das rodas no Quatizinho e Sr Caneca ontem no dia nacional do samba
QUATIZINHO

SR. CANECA QUATIZINHOSR CANECA
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!