quarta-feira, 13 de abril de 2011

Papo de Teleco Teco: Um belo tributo ao mestre Manacéia e Chico Santana, lindo demais

Nas fotos Chico Santa e Manacéia

Ahhh os tempos em que a vivência possibilitava a composição de obras que se tornariam clássicos. Durante o dia eram vendedores, pedreiros, feirantes entre outras profissões que garantiam o sustento seu e da família, enquanto a noite em rodas de samba musicavam suas tristezas com samba, falando da mesma com "alegria" . Assim surgiram figuras antológicas como Cartola, Nelson Cavaquinho, Padeirinho entre tantos outros os quais a história cumpriu seu infeliz papel de não dar destacar.



Entre estas pérolas Manacéia criou verdadeiras reliquias musicais . Portelense, autor de maravilhas como Quantas Lágrimas e Volta meu amor, infelizmente como tantos passou um tempo esquecido até que em 2000 Marisa Montes , através do trabalho "Tudo Azul" em um tributo a Portela sua escola de coração, resgatou alguns dos trabalhos deste menestrel revivendo-o. Hoje na semana que antecede nosso projeto nada melhor que ouvir uma roda de samba de primeira, em um tributo a este gênio através de uma gravação raríssima do projeto "Glória ao Samba" no quintal de Dona Neném. Deliciosamente imperdível este audio meu povo, dá um clique aí.



Atenção: Este link encontra-se na Internet através de blogs e não é de responsabilidade do Ecos do Teleco Teco devendo ser deletado de seu micro no período máximo de 24 horas.Recomendamos que adquiram o cd na intenet através de sites como http://www.buscape.com.br/ ou similares preservando os direitos do ator)
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!