terça-feira, 26 de março de 2013

Esta morrendo muita gente .... Mano Brown...

E a história do Samba se reflete no Rap. Dito marginal, assim como o samba, ao contrário do que a grande mídia tenta nos fazer ingerir o hip hop hoje em dia se consolidou como instrumento de protesto e manifesto. Gente nova chegou, e  é uma das poucas poucas manifestações culturais que consegue usar de algum senso crítico  fazendo música. E aos que ainda não abriram os ouvidos, o vídeo abaixo exemplifica um pouco destas questões. Independentemente do contexto partidário é importante atentarmos para a discussão proposta. Sente o clima... 

Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!