terça-feira, 7 de abril de 2009

Riachão e mais sobre a cultura soteropolitana

Menino, muleque e grande conhecedor do cotidiano de seu povo este é Riachão. Impossível ver e não se emocionar com a figura deste sambista que deveria ter como sobrenome o adjetivo alegria. Com vocês mais um pouco de Riachão e suas histórias bahianas.Não há samba sem alegria, Salve Riachão.por Fábio

Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!