quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Documentário dia 23/01 - Fabiana Cozza na TV Cultura



Documentário Raízes

A produção é um minidocumentário sobre a trajetória da cantora Fabiana Cozza, com participações de Luiz Carlos da Vila, Célia, Ione Papas, Yaniel Matos, Dona Ivone Lara, entre outros. Este documentário faz parte dos extras do DVD Quando o céu clarear, produzido pela TV Cultura em 30 de maio de 2008 em parceria com a Fubá – Agência das Artes. ShowQuando o céu clarearCom participações de Dona Ivone Lara e dos cubanos Julio Padrón (trompetista) e Yaniel Matos (pianista), a paulistana subiu no palco do Sesc Pinheiros para lançamento do novo CD e gravação do Especial Musical Fabiana Cozza – Quando o céu clarear. O título do CD é nome de uma das músicas do álbum. Composta pelo baiano Roque Ferreira, Quando o céu clarear promete consolidar a carreira desta jovem intérprete que vem conquistando territórios consagrados do samba e destacando-se como a mais nova voz negra brasileira. Este é o segundo álbum em parceria com a gravadora Eldorado – o primeiro foi O samba é meu dom, inicialmente lançado independente e depois com a respectiva gravadora.

A produção tem direção do baixista e arranjador Marcos Paiva, que comanda uma banda com mais sete músicos. O especial da TV Cultura, com 21 músicas, é voltado aos ritmos afro-brasileiros e reforça a devoção da cantora ao samba e a compositores consagrados como João Bosco e Aldir Blanc em Nação; D. Ivone Lara e Jorge Aragão em Tendência e Doces recordações, onde a própria D. Ivone divide os vocais com Fabiana Cozza, credenciando a cantora. Destacam-se ainda canções do paraense Leandro Medina – Xangô te xinga e Não sai de mim –, além de Saudação para Iemanjá – folclore brasileiro. Com o propósito de valorizar em seu trabalho a riqueza e a essência da música brasileira preservando sua identidade e suas raízes na busca constante de apontar novos caminhos, a aproximação de Fabiana Cozza com Cuba foi primorosa. Ela conheceu e convidou o trompetista Julio Padrón para uma leitura inédita de Canto de Ossanha, de Baden Powell e Vinícius de Moraes, e o pianista Yaniel Matos para a faixa Xangô te xinga. Ambos são hoje dois dos mais renomados músicos da cena cubana. Julio Padrón é apresentado no DVD de Wim Wenders “The sons of Cuba – The new generation”. Quando o céu clarear apresenta uma intérprete madura e insere definitivamente Fabiana Cozza no território da música negra. Não à toa, artistas como Chico César, Nei Lopes, Francis Hime, Zimbo Trio, João Bosco e Ivan Lins destacam Fabiana como uma das intérpretes mais expressivas da atualidade a comparando a nomes consagrados como Elizeth Cardoso e Clara Nunes.
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!