sexta-feira, 25 de junho de 2010

E deu Ecos: "De qualquer maneira" a música e história do regresso de Candeia à seu público



Quando o mestre Candeia ficou impossibilitado de andar, vivendo em uma cadeira de rodas, ficou recluso a sua resiência. Martinho da Vila, que embora muitos não saibam foi um dos maiores responsáveis pelo ressurgimento do samba em uma época que os sambistas estavam esquecidos, se dirigiu ao mestre, e em um show no antigo teatro Opinião fez ressurgir Candeia. Abaixo Martinho narra o fato e canta a música que inspirou Candeia a escrever "De qualquer maneira" a qual deu muitos Ecos. Salve Candeia


De Qualquer ManeiraComposição: Candeia
De qualquer maneira
Meu amor eu canto
De qualquer maneira
Meu encanto, eu vou sambar

Com os olhos rasos d'água
Com o sorriso na boca
Com o peito cheio de mágoa
Ou sendo a mágoa tão pouca
Quem é bamba não bambeia
Falo por convicção
Enquanto houver samba na veia
Empunharei meu violão

Sentado em trono de rei
Ou aqui nesta cadeira
Eu já disse, já falei
Seja qual for a maneira
Quem é bamba não bambeia
Falo por convicção
Enquanto houver samba na veia
Empunharei meu violão
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

1 comentários:

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!