sexta-feira, 22 de outubro de 2010

A música muito além dos ouvidos....


Sim meus amigos vamos falar da música que vai muito além dos ouvidos e se retrata em transformações coletivas indo muito além do ritmo e percursão.
Vamos falar da música sem instrumentos que transforma favelas em exemplos, cantar em ação;
Vamos falar do Cartola que mesmo sem ir a escola compôs com inspiração, ajudou morro e samba virarem projetos de inovação;
Vamos falar do Paulo da Portela, que morou em Osvaldo Cruz, e sem ligar para a sua própria cruz fez da batucada um instrumento para mover uma nação.
Dos Novos Baianos, Doces Barbaros e Manos que transformam em atitudes o que deveria apenas ser ritmo e canção;
E a medida que a vida prossegue as vezes igual, remostrada e com tão pouca inspiração;
Como cantou um Almir, certo dia em uma canção
Mesmo se mãos se renderem para outras tudo levarem, no tino de alguma batida, a música sempre se retornará aguerrida transpondo até mesmo os ouvidos entregues a mais concisa razão.

Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!