sexta-feira, 7 de maio de 2010

Papo de Teleco Teco: E continuando as homenagens pelos centenários, Noel Rosa o poeta da Vila

Dizem que o raio não cai duas vezes no mesmo lugar, sei não!! Afinal foi no ano de 1910 que nasceram dois dos maiores cronistas de nossa música brasileira. De um lado Adoniran falando sobre o cotidiano do povo simples da cidade de São Paulo; enquanto nas terras cariocas nascia Noel Rosa, outro gênio que musicou com poesia a boemia e a vida noturna do Rio de Janeiro. Apesar de ter vivido pouco tempo entre nós, sua obra foi vasta, e esta herança musical baseada e musicada nas percepções de coisas simples contidas em botequins e na própria ginga do malandro continuam a influenciar músicos e vários outros seguimentos culturais. Enquanto Adoniran fez crônicas a bairros paulistanos; Noel Rosa musicou a malandragem do Rio de Janeiro através de suas aproximadamente 200 canções. Abaixo do vídeo algumas obras e coletâneas destas músicas, as quais o site Um Que Tenha disponibiliza dentro de seu acervo, afinal Noel Rosa e sua obra são Papo de Teleco Teco.




Atenção: Este link encontra-se na Internet através de blogs e não é de responsabilidade do Ecos do Teleco Teco devendo ser deletado de seu micro no período máximo de 24 horas.Recomendamos que adquiram o cd na intenet através de sites como http://www.buscape.com.br/ ou similares preservando os direitos do ator)

Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

1 comentários:

  1. O C.E. Maria Zulmira Tôrres, em Cachoeiras de Macacu, RJ, está desenvolvendo Projeto sobre Noel Rosa. as turmas estão empolgadíssimas, fazendo pesquisa de época, vestuário, cenário, para apresentações de esquetes e outros.

    ResponderExcluir

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!