sexta-feira, 28 de maio de 2010

E deu Ecos: A história de um dos sambas mais famosos de Paulo da Portela - "O meu nome já caiu no esquecimento"

"O meu nome já caiu no esquecimento, o meu nome não interessa a mais ninguém" Paulo da Portela

Infelizmente nem tudo na vida são glórias, e mesmo diante de toda liderança e carisma de Paulo da Portela, no ano de 1941, após desentendimento com Manoel Bam Bam Bam um dos diretores da Portela ele abandona a agremiação. Tal fato se deu pois Paulo excursionava junto a Cartola e Heitor dos Prazeres , com o grupo os Carioca; e na tentativa de unificar e fortalecer relações , convidou em 1941 os amigos para desfilar pela Portela. Porém Manoel Bam Bam Bam, que já tinha conflitos anteriores com Heitor dos Prazeres , proibiu Heitor e Cartola de desfilar, descontentando Paulo ,que no mesmo dia tomou a decisão de abandonar a Portela. E seguindo a tradição sambistica de transformar tristeza em alegria.....
..aliado de sua tristeza mais profunda pelo não reconhecimento, Paulo compôs um dos sambas mais bonitos e respeitados por todos que se dizem portelenses, um hino de amor declarado a escola que revolucionou o carnaval não só como desfile mas também como encubadora de transformação social. "O meu nome já caiu no esquecimento" de Paulo da Portela deu muitos Ecos


O meu nome já caiu no esquecimento
Paulo da Portela

O meu nome já caiu no esquecimento
O meu nome não interessa a mais ninguém
E o tempo foi passando
A velhice vem chegando
Já me olham com desdém
Ai quanta saudade do passado
Que se vai lá no além
Chora cavaquinho chora
Chora violão também
O Paulo no esquecimento
Não interessa a mais ninguém
Chora Portela, minha Portela querida
Eu que te fundei, serás minha toda a vida
Reações:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A música pulsa como um Eco, estes sons meus amigos são os nossos teleco tecos que vibrantes pulsam igual nossos corações, valeu o comentário!!